O Prazer no Mal


O Prazer no Mal


'Têm prazer em praticar o mal e aplaudem a maldade dos perversos. A sabedoria o livrará das ações dos maus, daqueles cujas palavras são perversas. Eles se afastam do rumo certo e andam por caminhos sombrios. ' Provérbios 2:12-14


O engano proposto pelo sábios deste mundo como: John Locke, Jean-Jacques Rousseau, as ciências sociais, dentre outros, onde a defesa de que o homem nasce bom e que o meio o corrompe, obscurece a realidade e deixa sociedade de queixo caído quando uma tragédia, como a da Escola de Suzano acontece. Todos sábios deste mundo estão errados. O homem é desesperadamente mau, completamente depravado e capaz de cometer atrocidades e os piores tipos de barbáries como a que vimos ontem. Do ponto de vista das Escrituras não existem inocentes entre os filhos de Adão, todos são pecadores e desesperadamente carentes da graça de Deus.


Quando humanistas, ateístas e liberais militam para retirar tudo sobre Deus, as Escrituras e sua sabedoria da formação de uma criança, seja na escola, igreja ou no contexto familiar, sugerindo até que pais deveriam ser proibidos de ensinar sua religião aos seus filhos, essas são as consequências, o mal pelo simples prazer de fazer o mal. Criamos pessoas que tem prazer e satisfação no mal gratuito. O prazer em espancar um amigo da escola; prazer em maltratar um animal; prazer em provocar e produzir sofrimento em outro.


Diferente do que pensam os sábios deste mundo que dizem “não existir uma tendência natural para a ação maldosa gratuita no homem”, e afirmam que: “não cabe responsabilizar os que agem assim, pois seriam “vítimas” de sua natureza”, a sabedoria das Escrituras revela algo diferente. Ela revela um coração mal que carece da regeneração de Cristo.


O que vemos hoje não é novo. O prazer no mal, o mal gratuito, a satisfação na dor, o prazer em sentir e provocar dor, já havia sido admoestado pela sabedoria das Escrituras em Pv 2.12-14 e Salomão exorta seu filho a buscar a sabedoria das Escrituras.


A sabedoria das Escrituras demonstra que homens, mulheres, jovens e crianças carecem de um novo coração: “Eu lhes darei um novo coração e colocarei em vocês um novo espírito. Removerei seu coração de pedra e lhes darei coração de carne. Porei dentro de vocês meu Espírito, para que sigam meus decretos e tenham o cuidado de obedecer a meus estatutos. Ezequiel 36:26-27”.


Novo coração só é alcançado com Jesus: “Sim, eu sou a videira; vocês são os ramos. Quem permanece em mim, e eu nele, produz muito fruto. Pois, sem mim, vocês não podem fazer coisa alguma. “Eu os amei como o Pai me amou. Permaneçam no meu amor.” João 15:5,9.


Que o Senhor possa solidificar essa sabedoria na mente o no coração de homens, mulheres e crianças.


Oremos pelas famílias e os alunos da escola se Suzano.

40 visualizações

(11) 989059065

 

Av. Bento Figueiredo, nº 55, Vila Marlene  CEP: 13214-610 Jundiaí

 

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA NOTIFICAÇÕES DO SITE
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • Google+ ícone social

© 2018 Criado por Igreja Batista Vida Nova