"Deus Fraco" O deus das nossas especulações.


O Deus Fraco

O deus das nossas especulações.


“Seu domínio é para sempre, seu reino, por todas as gerações. Comparados a ele, os habitantes da terra são como nada. Ele faz o que quer entre os anjos do céu e entre os habitantes da terra. Ninguém pode detê-lo nem lhe dizer: ‘Por que fazes essas coisas?" Daniel 4:34-35


Num dos filmes da série, os Vingadores, têm uma cena cômica onde o Hulk dá uma surra em Loki, o deus arcadiano. No final da cena da luta entre Hulk e Loki ele diz: “deus fraco!!!”. Brincadeiras a parte, essa é visão que adquirimos de Deus quando passamos a considerar Deus por nossas suposições, especulações e teorias à parte das Escrituras.


Vemos crentes dizendo: “na minha opinião Deus não faria isso ou aquilo”, como se fosse impossível para Deus alguma coisa. Eles professam crer nas Escrituras, mas não conhecem o Deus das Escrituras. Apresentam uma deplorável caricatura de um deus enfraquecido, frustrado e incapaz, que se origina da cabeça de gente que se quer leu um texto da Bíblia, ou quando lê, dá sua própria interpretação pessoal numa desonestidade intelectual impressionante. O Deus que as pessoas concebem em suas mentes é fruto de um deus inventado com base num sentimentalismo que ofusca a realidade das Escrituras. O Deus de muitos púlpitos dos nossos dias é objeto que inspira mais pena do que reverente temor. Como disse W. Pink, Arthur: “Argumentar que Deus “está fazendo o melhor que pode” para salvar toda a humanidade, mas que a maioria dos homens não lhe permite salvá-los, é dar a entender que a vontade do Criador é impotente e que a vontade da criatura é onipotente”.


O Deus apresentado nas Escrituras é aquele que: “ninguém detêm sua mão, nem alguém que lhe possa dizer o que ele deve fazer” (Dn 4.35). Dizer que Deus é soberano é declarar que ele é onipotente, possuidor de todo o poder nos céus e na terra, de tal maneira que ninguém pode impedir os seus conselhos, contrariar os seus propósitos ou resistir à sua vontade. Dizer que Deus é soberano é declarar que ele “governa as nações” (Sl 22.28), estabelecendo reinos, derrubando impérios e determinando o curso das dinastias, segundo o seu agrado. Dizer que Deus é soberano é declarar que ele é o “único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores” (1 Tm 6.15). Este é o Deus da Bíblia e que ele seja o Deus do seu coração em mente.


109 visualizações

(11) 989059065

 

Av. Bento Figueiredo, nº 55, Vila Marlene  CEP: 13214-610 Jundiaí

 

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA NOTIFICAÇÕES DO SITE
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • Google+ ícone social

© 2018 Criado por Igreja Batista Vida Nova